Notícias

Genderless: a revolução de gênero na moda

O sem gênero dominou o mundo da moda no último ano, com campanhas de marcas que apostaram no estilo para captar uma nova geração. Oferecer roupas não categorizadas fez com que as lojas criassem uma nova oportunidade de negócio para conquistar consumidores que não definem sua escolha a partir das categorias masculina ou feminina.

O ModaCidade conversou com o stylist Nilo Caprioli para saber mais sobre essa nova tendência, que levantou uma série de debates na última temporada fashion. “Genderless são roupas que não têm gênero definido, podem ser usadas tanto por homens como por mulheres ou por pessoas que não definem a que gênero pertencem. Diferente do unissex, que serve homens e mulheres, o genderless serve para todas as pessoas, sem barreiras de gênero”, afirma.

+Jaden Smith estrela campanha de coleção feminina da Louis Vuitton

+Vídeo compara os 100 anos de moda de homens e mulheres

Apesar do movimento genderless ser relativamente recente, é possível que você já o tenha adotado antes mesmo de se dar conta, a exemplo da calça “boyfriend” e da camiseta over size.

O caso mais recente envolvendo o assunto é o da grife da Louis Vouitton, que chamou o filho do astro Will Smith — o adolescente Jayden Smith, conhecido por usar vestidos e saias como peças chave — para estrelar a campanha feminina da marca.

“O masculino e o feminino estão se unindo e virando uma coisa só. A Gucci fez essa mistura na sua coleção verão 2016: começou trocando gravatas por lenço de seda e usou renda e bordados em camisas de alfaiataria. Estes, que até então, eram artifícios direcionado ao público feminino, mas que agora chegam aos modelos masculinos, junto com as mangas ¾ e as transparências”, declara o stylist.

fashion-style-201506-gender-neutral-dressing-04-jaden-smith-600

Jayden Smith

 

Gucci - Semana de moda masculina privamevera/verão 2016

Gucci – Semana de moda masculina primavera/verão 2016

“O genderless saiu das passarelas e começou a bombar nas ruas, assim como a moda normcore, em que todas as peças têm como base o conforto despretensioso. Todas elas são soltas e não têm shapes justos ou acinturados: um camisetão reto pode ser usado tanto por um corpo mais curvilíneo como por alguém sem muitas curvas”, diz o especialista.

A partir daí, os homens mais fashionistas apareceram usando “camisetas vestidos”, afirmando que roupa é apenas roupa, sem distinções. Essa é a ideia do genderless. “Que ainda é muito diferente do andrógino, no qual não sabemos se aquele personagem é masculino ou feminino. A mesma peça que veste um homem veste uma mulher, mas não necessariamente vai deixá-los andróginos, não se trata disso”, relata Nilo.

No Brasil, a marca brasileira que pensou e colocou isso em prática pela primeira vez foi a Melissa, quando criou os calçados Flox e Grunge, que vão da numeração 34 ao 44. Os modelos foram feitos exatamente nas mesmas cores e modelos, sem diferenças.

flox-genderless

Melissa Flox

grunge genderless

Melissa Grunge

Segundo o stylist, outras marcas já investiram nesse conceito: “Alguns exemplos são a Igor Dadona, que já faz camisetas vestidos há anos, e a Ratier Clothing, que, na loja, ainda separa as peças por categoria, mas nos desfiles não faz a mesma distinção. Ano passado, a discreta Calvin Klein até lançou sua primeira fragrância sem gênero – seguindo a tendência.”

Ratier

Ratier Clothing – Outono/Inverno 2015

Igor Dadona - Coleção Outono/Inverno 2014

Igor Dadona – Outono/Inverno 2014

A ideia da moda livre de gênero é liberar as pessoas para criarem seu estilo de acordo com o gosto e preferências – e não por modelos que até hoje eram considerados femininos ou masculinos. Estilistas no mundo inteiro apostam no fim desta diferenciação em seus desfiles.

Se tal tendência pegar ou não, o que vale destacar no movimento é que, ao sair da esfera artística das passarelas e ganhar o varejo, a moda serve de agente de inclusão, aproxima as pessoas, conscientiza o público e promove a diversidade.

Clique aqui para adicionar um comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matérias Relacionadas

Gisele e Caua

Gisele Bündchen e Cauã Reymond estrelam campanha da Givenchy

Carolinajulho 8, 2016
roupas dobradas

Invenção promete dobrar camisas de um jeito mágico

Patricia Machadojunho 7, 2016
victoria secret foto 1

Victoria’s Secret anuncia que deixará de vender roupas, sapatos e acessórios

Patricia Machadomaio 23, 2016
Homens de salto 4

Homens usam salto alto por um dia e o resultado é hilário!

Patricia Machadomaio 23, 2016
Rapunzel moderna 1

Conheça a “Rapunzel” moderna que está chocando a internet

Patricia Machadomaio 19, 2016
Creme cria uma segunda pele fazendo com que rugas e imperfeicoes desaparecam

Creme cria uma segunda pele fazendo com que rugas e imperfeições desapareçam

Camila Natalomaio 12, 2016
Karl Lagerfeld assina linha de aneis de noivado

Karl Lagerfeld assina linha de anéis de noivado

Camila Natalomaio 10, 2016
avo maquiagem capa

Avó de 80 anos pede para ser maquiada e o resultado é surpreendente

Patricia Machadomaio 9, 2016
maquiagem pele beleza

Apenas 9% das mulheres pretendem gastar mais com produtos de beleza em 2016

Patricia Machadomaio 6, 2016

Aviso rápido

Se por acaso encontrar algum produto com preço diferente do que aparece no ModaCidade, avisamos que o preço praticado será sempre o do site do lojista. :)

Obrigado pela visita - Esperamos você mais vezes no ModaCidade.com.br

Copyright © 2015 ModaCidade.com.br - A moda na sua cidade é um projeto da LBS Local S/A.